Jan/2016 – O que fazer para evitar a inadimplência?

Jan/2016 – O que fazer para evitar a inadimplência?

Essa é a pergunta que mais escuto. A segunda é, o que você espera para 2016?

Nada está tranquilo.

O momento é sublime para organização. Corte o que for necessário.
Para começo de conversa, substitua aquele caderninho de anotações por uma bela e bem preparada planilha de receitas e gastos. Por que, a utilidade da planilha? Para que você tenha a visão geral do que está acontecendo e o que virá adiante.
A inadimplência não tem aviso prévio, mas você pode combater, evitando previamente essa situação.
Já destaquei a planilha de receitas e gastos.

Segundo ponto de supra importância – separar a conta corrente da pessoa jurídica e da pessoa física. Não pode e não deve haver essa “mistura”, de informações. A conta corrente da empresa, deverá ser utilizada apenas para o recebimento e seus gastos. O “patrão” deve sim ser considerado um empregado da empresa. Retiradas de gastos pessoas e pró-labore, deverão sempre ser lançadas à título de despesas da empresa. Não poderá e nunca deverá ser superior as suas receitas. Caso contrário essa conta nunca fechará e nunca será minimizada para a realidade. Tudo precisa ser documentado e registrado.

Um outro terceiro ponto importante, é a negociação com seus clientes inadimplentes. Antes que essa situação ocorra, você deverá ciência dessa situação. São duas situações que caminham juntos = cliente x fornecedor. Ocorrendo a inadimplência, sem que haja o seu controle, você deverá perpetuar a boa conversa e relação com o fornecedor, mantendo em dia e com aporte de crédito. Essa é uma situação crucial. Nunca, uma situação deverá prevalecer a outra. O controle precisa ser diário e cauteloso.
Esses são pequenos princípios básicos, para a boa conduta e relação da empresa.

Fonte: Portal Viva / Colunista: José Gleilton / Data da Publicação: 18/Janeiro/2016